Mahler: A Trompa Mágica do Rapaz

Metropolitana

Mahler: A Trompa Mágica do Rapaz, 26 mars 2017 17:00, Centro Cultural de Belém

Mahler: A Trompa Mágica do Rapaz
Orquestra Metropolitana de Lisboa

Domingo, 26 de março, 17h00
Grande Auditório do Centro Cultural de Belém

F. Schubert – Sinfonia N.º 4, D. 417, Trágica
G. Mahler – Des Knaben Wunderhorn

Solistas: Iwona Sobotka (soprano), Luís Rodrigues (barítono)

Maestro: Michael Zilm

Des Knaben Wunderhorn (A trompa mágica do rapaz) é uma compilação de poemas tradicionais alemães livremente recriados e publicados no início do século XIX. Logo se tornou numa referência da literatura germânica. Sensível a temáticas como a ingenuidade das crianças ou o destino trágico dos soldados, Mahler pegou nesses textos em 1892 para compor uma série de canções para voz – soprano ou barítono – e orquestra. Não sendo um verdadeiro Ciclo de Canções, convergem numa atmosfera peculiar que reconhecemos, em parte, na 2.ª, 3.ª e 4.ª sinfonias, onde algumas dessas canções foram recuperadas. A familiaridade do maestro Michael Zilm com a música de Mahler, a qual já tivemos oportunidade de apreciar por diversas vezes em concertos da Metropolitana, conta desta vez com as belíssimas vozes de Iwona Sobotka, soprano polaca que foi recentemente solista na 9.ª Sinfonia de Beethoven com a Filarmónica de Berlim e o maestro Simon Rattle, e do barítono português que todos conhecemos, Luís Rodrigues. O programa completa-se com a Sinfonia Trágica de Schubert, a mais «intensa» das primeiras seis do compositor austríaco.
Des Knaben Wunderhorn
(
A trompa mágica do rapaz
)
é uma compilação de poemas
tradicionais alemães livremente recriados e publicados no início do sécul
o XIX. Logo se
tornou numa referência da literatura germânica. Sensível a temáticas
como a
ingenuidade das crianças ou o destino trágico dos soldados, Mahler pegou nesses
textos
em 1892 para compor uma série de canções para voz

soprano ou barítono

e
orquestra. Não sendo um verdadeiro Ciclo de Canções, convergem numa a
tmosfera
peculiar que reconhecemos, em parte, nas 2.ª, 3.ª e 4.ª sinfonias,
onde algumas dessas
canções foram recuperadas. A familiaridade do maestro Michael
Zilm com a música de
Mahler, a qual já tivemos oportunidade de apreciar por diversas ve
zes em concertos da
Metropolitana, conta desta vez com as belíssimas vozes de Iwona Sobotka, sopr
ano
polaca que foi recentemente solista na 9.ª Sinfonia de Beethoven com a Filar
mónica de
Berlim e o maestro Simon Rattle, e do barítono português que todos conhecemos
, Luí
s
Rodrigues. O programa completa-se com a
Sinfonia Trágica
de Schubert, a mais «inten
sa
»
das primeiras seis do compositor austríaco

Mahler: A Trompa Mágica do Rapaz was last modified: août 12th, 2016 by Rennes
@Metropolitana Lisbon