Telemann, Fasch | Orquestra Metropolitana de Lisboa

Metropolitana

Telemann, Fasch | Orquestra Metropolitana de Lisboa, 10 décembre 2016 21:00, Museu Nacional de Arte Antiga de Lisbonne

TELEMANN, FASCH | Orquestra Metropolitana de Lisboa

10 de dezembro, 21h00
Museu Nacional de Arte Antiga – Sala de Conferências

G. P. Telemann – Concerto Polonois em Sol Maior, TWV 43:G7
J. F. Fasch – Concerto para Trompete em Ré Maior, FaWV L:D1
G. P. Telemann – Concerto Grosso em Sol Maior, TWV 52:G1
J. F. Fasch – Abertura (Suíte) em Ré Menor, FWV K:d4
G. P. Telemann – Concerto para Trompete em Ré Maior, TWV 51:D7

Solista: Sérgio Charrinho (trompete)
Direção Musical: Carlos Damas

A trompete teve o seu esplendor no período barroco, em particular na Alemanha, onde era muito apreciada e considerada indispensável em cerimónias públicas de toda a espécie. A partir de meados do século XVII, a música de fanfarra começou a distinguir-se do estilo «clarino», o qual permitia a músicos altamente treinados tocarem com precisão no registo mais agudo do instrumento. Georg Philipp Telemann foi um dos primeiros compositores que exploraram o novo leque de possibilidades musicais daí resultantes. O célebre Concerto para Trompete terá sido escrito quando ainda era Mestre de Capela da cidade de Eisenach, na década de 1710. Por sua vez, Johann Friedrich Fasch é bastante menos conhecido nos nossos dias, mas o seu nome junta-se ao rol dos mais prestigiados compositores alemães da época. Compôs o Concerto para Trompete em Ré Maior bastante mais tarde, em 1750, quando guardava na memória os tempos de formação em Leipzig. Terá aí conhecido um dos mais célebres trompetistas da época, Gottfried Reiche. Contamos hoje com o 1.º Trompete da OML, o também virtuoso Sérgio Charrinho.

Telemann, Fasch | Orquestra Metropolitana de Lisboa was last modified: août 12th, 2016 by Rennes
@Metropolitana Lisbon