Stravinsky, Azevedo | Orquestra Metropolitana de Lisboa

Metropolitana

Stravinsky, Azevedo | Orquestra Metropolitana de Lisboa, 27 mai 2017 21:00, Teatro Thalia

STRAVINSKY, AZEVEDO
Orquestra Metropolitana de Lisboa

27 de maio, 21h00, Teatro Thalia | Temporada Clássica

I. Stravinsky – Danças Concertantes
S. Azevedo – Giochi di Uccelli, Concerto para Flauta e Orquestra (estreia absoluta)
I. Stravinsky – Suíte do bailado Pulcinella

Solista: Nuno Inácio (flauta)
Maestro: Pedro Neves

A estreia absoluta de mais uma obra de Sérgio Azevedo, o Concerto para Flauta e Orquestra Giochi di Uccelli, é o primeiro motivo de interesse que se destaca neste programa, que conta com o solista Nuno Inácio, 1.º Flauta da OML. Mas a música de Stravinsky vem ao seu encontro, por se tratar de uma (boa) influência assumida pelo compositor português. O bailado Pulcinella foi estreado na Ópera de Paris em 1920, com cenários de Pablo Picasso e coreografia de Léonide Massine. Foi, porém, através de uma suíte orquestral que a música de Stravinsky se popularizou, anulando as partes cantadas incluídas na versão original. Livremente inspirada em partituras do compositor setecentista G. B. Pergolesi, terminou por se revelar uma obra charneira na carreira do músico russo, já que a «descoberta» da música do passado o orientou daí em diante para um pendor neoclassicista. As Danças Concertantes seriam compostas duas décadas mais tarde. Muito embora tenha sido originalmente concebida como uma obra orquestral, cedo se tornou evidente a sua propensão cénica. Constrói-se sobre múltiplas evocações do universo da dança que logo despertaram a criatividade do coreógrafo George Balanchine.

Stravinsky, Azevedo | Orquestra Metropolitana de Lisboa was last modified: août 12th, 2016 by Rennes
@Metropolitana Lisbon