Companhia Nacional de Bailado – 8.º Festival ao Largo Millennium

festival

Companhia Nacional de Bailado – 8.º Festival ao Largo Millennium, 28 juillet 2016 22:00, Largo de São Carlos Chiado Lisboa

Companhia Nacional de Bailado

George Balanchine, Serenade
William Forsythe, Herman Schmerman
Hans van Manen, 5 Tangos

Este é um programa de reportório onde se reúnem alguns dos coreógrafos que mais marcaram a História da Dança. A belíssima e feminina Serenade de Balanchine, a abstração de William Forsythe com um dueto virtuosístico e a inspiração latina de 5 Tangos de Hans van Manen são uma janela aberta para o que de melhor se produziu no séc. XX.

George Balanchine, nome pioneiro da dança, com apenas 30 anos e acabado de desembarcar no Novo Mundo, cria em 1934, Serenade, o seu primeiro bailado “americano” segundo as suas palavras. Ao som da Serenata para cordas em Dó de Tchaikovski — compositor por quem Balanchine nutria especial reverência – estavam assim lançadas as primeiras sementes do bailado norte-americano.
Também segundo palavras do coreógrafo William Forsythe, o seu bailado Herman Schmerman com música eletrónica de Thom Willems, seu colaborador de longa data, “não tem qualquer significado, apenas o prazer da dança”. Criado em 1992, o bailado é um pas-de-deux muito inventivo.
Para terminar este programa da Companhia Nacional de Bailado, dança-se 5 Tangos do coreógrafo holandês Hans van Manen. Estreado pelo Dutch National Ballet, em 1997, o bailado é uma sequência trepidante de danças que combinam o bailado clássico com a paixão arrebatadora do tango interpretado pelo bandoneon do compositor argentino Astor Piazzolla.

Companhia Nacional de Bailado – 8.º Festival ao Largo Millennium was last modified: juillet 29th, 2016 by Festivals 2016
@OPART – Festival ao Largo